ALEGRIA COMO MANIFESTAÇÃO DE GRATIDÃO

“Quem me oferece sua gratidão como sacrifício honra-me, e eu mostrarei a salvação de Deus ao que anda nos meus caminhos” Salmo 50, 23.

 

Alegria é dom de Deus, é um sentimento profundo que vem da vibração da alma que está plena de realização por algo bom que aconteceu ou por algo bom que se conseguiu conquistar. É quase o sinônimo perfeito de felicidade!

O conceito de alegria do latim alacritas ou alacer que significa “animado” ou “de ânimo leve” nos remete ao conceito de alma, considerando que em latim, alma, é animus; assim, alegre é quem tem força na alma, força de equilíbrio, de júbilo. A Alegria faz a alma leve!

É com essa alegria que vem do Senhor que o cristão deve expressar-se pela satisfação de ser o que é, cristão; de estar ligado a Cristo e de poder ser expressão de Sua bondade e de Sua força de realização. Por isso oferecemos a Deus nossa alegria por tudo o que Ele nos proporciona e realiza através de nós! Deus habita em nós, por isso é plena nossa alegria N´Ele!

Nesses tempos onde a depressão e a tristeza vão ocupando espaço na vida de milhares de pessoas vamos notando que a alegria é remédio eficaz que cura vidas porque ela alinha a alma do homem e da mulher com a presença viva de Deus. Entendemos por isso que a honesta procura por Deus produz na pessoa a alegria e a força de uma vida realizada porque transmite paz profunda que completa o coração do ser.

Com essa noção de alegria em Deus é que agradeço ao Pai por todos os bons resultados na vida de todos os que andam conosco na busca do Reino dos Céus. Que o Espírito do Senhor colabore conosco no sentido de nos dar entendimento de que devemos ser dispensadores do bem que há em nós que cremos. Que o Espírito do Senhor nos guie!

Pela Fé! – Dom Pedro Paulo Teixeira Roque – Bispo Coadjutor de Jundiaí, SP – ICAB. E-mail: dompedropaulo@uol.com.br    –    tel. 19 – 9.9996-0607