L-I-M-I-T-E-S !!!

Jesus olhou para eles e respondeu: “para o homem é impossível, mas para Deus não; todas as coisas são possíveis para Deus”. – Marcos 10, 27.

Interessante notar como a palavra e a ideia de limite foram incorporadas ao nosso dia-a-dia e como ela mostra a demarcada capacidade a que nos submetemos em diferentes situações cotidianas. Comumente ouvimos expressões como: “tal situação foi além do limite”; ou “tal decisão ultrapassou o limite do tolerável” ou ainda “meu limite vai até aqui”. Diante disso, pensar que Deus não tem limites, que Ele permeia o infinito; que o infinito é apenas uma expressão de Sua criação pode parecer paradoxal, no entanto não é, pois limite é sinônimo de equilíbrio!

Quero aqui dizer que a ideia de limite é uma necessidade para que tudo esteja organizado e equilibrado: um relacionamento sem limites não prospera; a lei, sem limites, não é lei, não gera a justiça, não promove o equilíbrio. Assim, entendemos que é saudável e bom vivermos dentro dos limites físicos e espirituais, pois isso promove em nós um processo de harmonização com o todo, com o universo e com o próprio Deus que, ao estabelecer algo como limite que não será quebrado garante o equilíbrio…

Não há desequilíbrio nas coisas criadas por Deus e o que ou quem Ele sustenta não é abatido; no entanto, vemos diariamente situações onde filhos, por herança, matam seus pais; alunos que matam colegas e professores; torturas horríveis a que uma nação submete às outras; grupos raciais que aplicam violência como maneira de se impor sobre outros grupos; leis que são manipuladas descaradamente à luz do dia promovendo injustiças… enfim, tudo isso nos mostra que quando não respeitamos limites somos submetidos a desequilíbrios e sofrimentos. Limite também é remédio! Estamos vendo a sociedade global quebrar as regras limítrofes do respeito e da paz, motivada por interesses ainda ocultos a nós, comportando-se como um doente que rejeita o remédio que pode salvá-lo. A quem busca o cristianismo resta entregar-se a Deus buscando, com atitudes concretas, Suas forças para promovermos o bem. O tempo da paz mundial está sendo transformado e precisamos reconstruir limites que liberem equilíbrios! Que o Espírito do Senhor nos guie!

Pela Fé! – Dom Pedro Paulo Teixeira Roque – Bispo Coadjutor de Jundiaí, SP – ICAB. E-mail: dompedropaulo@uol.com.br    –    tel. 19 – 9.9996-0607