MISSA COM O RITUAL DE EXORCISMO: DIA 10 DE NOVEMBRO

A Santa Missa com o ritual de exorcismo, celebrada mensalmente aqui em nossa Paróquia, sempre acontece no segundo domingo de cada mês, às 09:00 horas da manhã.

É uma Santa Missa cujo foco é oferecer ao Pai o Sacrifício de Jesus Cristo, pedindo como igreja, a destruição dos poderes do mal; onde pedimos que o Pai subjugue o império das trevas ao declararmos o poder do nome e do sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo sobre as obras mortas do maligno. 

Reconhecemos que a Bíblia é a instrução em nossa batalha contra o mal. O mal existe, é real, e ele se levanta contra o que é de Deus, contra tudo o que é sagrado. O mal se materializa em vidas diante da fraqueza na fé; diante de doenças de origens espirituais; diante de trabalhos satânicos levantados contra determinadas pessoas… seguem alguns sintomas que observamos na vida de pessoas que estão debaixo de alguma atuação maligna:

  • desordem nos pensamentos;
  • pensamentos de baixo estima muito presentes;
  • desânimo inexplicável;
  • cansaço mental muito forte e exaustão física;
  • insônia severa que não é resolvida nem com remédios;
  • doenças inexplicadas diante de exames médicos;
  • tristeza existencial;
  • depressão;
  • síndrome do pânico;
  • caminhos materiais fechados;
  • falta de oportunidades;
  • bloqueios materiais;
  • visões claras e constantes de vultos;
  • falta de interesse por tudo o que é sagrado;
  • falta de piedade, ou seja, de amor para com a coisas de Deus;
  • ausência de vida espiritual – a pessoa não consegue nem mesmo orar;
  • presença de falsos amigos na vida;
  • forte opressão espiritual;
  • envolvimento com práticas incoerentes com a vida cristã;
  • incapacidade de ouvir a pregação do evangelho;
  • sentir repúdio pela vida dos santos e pela Virgem Maria;
  • vícios em bebidas ou drogas;
  • vícios em comportamentos sexuais;
  • medo de tudo, principalmente de coisas espirituais e medo de dormir, medo do escuro;

 

Como agir diante das circunstâncias ou áreas da vida onde diagnosticamos que algo não está normal?

Orientamos que o primeiro passo é realmente esse: diagnosticar se o que está acontecendo pode ter origem espiritual. Procure identificar a origem dessas opressões em sua vida e, identificados os problemas e suas origens, tome consciência deles e se organize para iniciar sua luta contra o mal e para vencê-lo.

Pelos estudos que fazemos e pela longa tradição do cristianismo sobre esse assunto – exorcismo – aconselho que a pessoa inicie uma vida nova em Cristo, estabelecendo uma aliança com Ele, nas missas de exorcismo; que se faça o firme e santo propósito de participar dessas missas, pelo menos, por nove meses (nove meses são os meses de uma gestação; por isso oriento que se frequente, ininterruptamente a missa de exorcismo, por nove meses; pois a pessoa estará sendo “re-feita”, “reconstruída” em suas estruturas mediante a graça de Deus. Serão nove missas, uma por mês, significando cada mês da gestação em que você foi formado(a) no ventre de sua mãe; são nove meses de cura interior; de tratamento espiritual diante da misericórdia divina para uma vida nova PELA FÉ). Em cada um desses meses, nas missas, é declarado o poder total e ilimitado de Jesus Cristo sobre todos os anos de sua existência de tal forma que a libertação do mal acontece completamente.

Exorcismo não é magia: é a celebração do poder de autoridade que há em Jesus Cristo sobre todos os reinos espirituais; é a declaração do poder da divina misericórdia sobre a perversidade do mal. Não procure o exorcismo achando que ele é magia: estudos e registros históricos mostram que podem ser necessárias várias reuniões ou missas de exorcismo para quebrar, definitivamente, o poder do mal. Exorcismo não é magia, é o encontro com o poder DE AMOR de Deus. São centenas de vidas transformadas pela graça de Deus. Que a sua também seja!

Abençoo você! 

+ Dom Pedro Paulo.

“mil vezes mais fortes são os poderes de Deus do que os poderes do mal”