UM TESTEMUNHO DA INTERCESSÃO DE SANTA SARA KALI – Conrado Augusto Fantini

TESTEMUNHO EM DEVOÇÃO À SANTA SARA KALI

Paz e Bem!

É com profunda alegria e gratidão que venho por meio deste testemunho tornar público minha espontânea e absoluta devoção à Santa Sara Kali por mais uma graça alcançada em minha vida.

Meu nome é Conrado Augusto Fantini, moro na cidade de Amparo-SP, sou formado em engenharia mecânica e sempre tive como meta e objetivo ser professor e através da educação conseguir mudar substancialmente a vida dos estudantes, deixando registrada minha essência Cristã por onde eu passe. Para transformar este sonho em realidade, era fundamental dar continuidade em meus estudos, iniciando um programa de Pós-Graduação em minha área de formação. Comecei, então, a pesquisar os programas de Mestrado e Doutorado ofertados nas grandes instituições de ensino de nosso país, me identificando com algumas linhas de pesquisa ofertadas pela Faculdade de Engenharia Mecânica da UNICAMP.

O primeiro passo foi fazer uma pré-seleção dos professores e de suas respectivas áreas para que eu pudesse entrar em contato com eles e apresentar o meu interesse em ingressar no programa de mestrado da instituição. Entretanto, todos me responderam que não podiam aceitar mais nenhum aluno porque já estavam completamente lotados de orientandos.  Excepcionalmente, um determinado professor altamente renomado quis obter maiores informações a meu respeito, solicitando meu currículo e até apresentando certo interesse em poder me orientar. A princípio, fiquei muito feliz, pois era exatamente este professor cuja linha de pesquisa me despertou o maior interesse dentre todas as outras.

Quando eu enviei o meu currículo para ele, recebi uma mensagem dizendo, com outras palavras, que eu não tinha o perfil do estudante para ingressar naquele laboratório, e no final me desejou boa sorte. Fiquei profundamente decepcionado, pois percebi, nitidamente, que o motivo de eu não ter sido aceito era simplesmente pelo fato de eu ter me formado em uma instituição particular, fora daquelas consideradas pertencentes à linha de excelência em ensino.

Porém, eu sabia do meu potencial e da minha capacidade, pois apesar de ter me formado em uma instituição particular em um curso noturno, tive minha formação quase em sua totalidade em período integral, inclusive sendo aluno de iniciação científica por dois anos com bolsa do governo, participando de congressos e demais eventos acadêmicos. Desse modo, resolvi, novamente, entrar em contato com esse professor e questioná-lo sobre o motivo de eu não ter se quer uma oportunidade de mostrar o meu trabalho para ele.

Ele novamente me respondeu que eu não tinha o perfil e, irredutivelmente, não meu deu nenhuma oportunidade e definitivamente não me aceitou como seu aluno. Fiquei muito triste (muito mesmo), pois era a minha última esperança que acabava ali.

Más, como Cristão que sou e com muita fé em Deus, orei fervorosamente para que as Santíssimas e Veneráveis Mãos de Nosso Senhor Jesus Cristo fizessem justiça segundo o meu justo direito e pedi com toda a minha fé e com todo o meu coração a gloriosa intercessão de Santa Sara Kali sobre esta situação bastante complicada. Foi quando veio, de repente, uma ideia em minha mente, para que eu pesquisasse mais alguns docentes e tentasse novamente.

Passaram alguns dias, e, após fazer novas pesquisas, tive conhecimento que uma nova professora da Unicamp tinha sido recentemente contratada para assumir uma das principais linhas de pesquisa na área de materiais e processos de fabricação da FEM, especificamente em metalurgia física (exatamente a área de meu interesse). Não hesitei em contatá-la imediatamente, de modo que ela, de maneira muito gentil, me respondeu pedindo para marcarmos uma data para conversarmos pessoalmente.

No dia da entrevista, em nossa reunião, ela me recebeu muito bem e foi bastante atenciosa, de modo que ela acabou me aceitando como aluno regular do Programa de Pós Graduação Stricto Sensu em Engenharia Mecânica da UNICAMP (entre os mais conceituados do país) e inclusive me disponibilizou uma bolsa de estudos integral (o que é extremamente concorrido e muito difícil de conseguir, principalmente em períodos de crise e de recessão pelo qual o Brasil se encontrava no momento).

O mais surpreendente é que essa professora que me acolheu e me aceitou como seu aluno de mestrado tinha acabado de assumir a chefia exatamente daquele mesmo laboratório de pesquisa que eu tanto queria ter a oportunidade de trabalhar e que aquele outro professor não havia me aceitado. Moral da história: eu consegui chegar exatamente onde eu queria estar e, pela intercessão de Santa Sara Kali, Deus abriu portas em minha vida e fez do impossível, uma história de superação e de fé, marcada pela minha vitória em Cristo.

Destaco, também, um fato muito importante nisso tudo e que também tem a Santíssima Intercessão de Santa Sara Kali: para que eu recebesse a bolsa de mestrado que a minha professora orientadora me concedeu, eu precisava ser aprovado no exame de proficiência em língua inglesa. Entretanto, eu não sabia que era necessário fazer a inscrição no Instituto de Estudos Literários (IEL) da Unicamp para poder realizar o exame.

Certo dia, numa bela tarde, repentinamente, como que uma voz me avisasse, resolvi pesquisar um pouco mais sobre as faculdades e os cursos da Unicamp, e me chamou a atenção a sigla IEL, no site da instituição. Comecei, então, a explorar o conteúdo e naquela tarde, por volta das 17h00, descobri que era necessário fazer a inscrição naquele site para poder realizar o exame de proficiência em língua inglesa e ainda mais: naquele mesmo dia, às 18h00, encerrava-se o prazo para a inscrição! Imediatamente segui todas as instruções e consegui fazer a minha inscrição, literalmente em cima da hora! Por pouco, por muito pouco, quase perdi o prazo e, caso isso ocorresse, eu teria perdido a bolsa de mestrado, pois havia outros alunos na fila de espera por uma bolsa. Moral da história: fui aprovado no exame de proficiência em língua inglesa e consegui a bolsa de mestrado.

E o meu sonho de ser professor? Acreditem: exatamente no mesmo mês em que fui aceito e aprovado no mestrado da Unicamp, fui convidado pela Universidade São Francisco (USF) a ser professor do curso de engenharia mecânica (agosto de 2016).

Atualmente, defendi minha dissertação de mestrado em fevereiro de 2019, sendo aprovado unanimemente por uma rigorosíssima banca examinadora. Fui aprovado em todas as disciplinas com nota máxima (conceito A) e obtive o maior coeficiente de rendimento (CR) da Pós Graduação da Faculdade de Engenharia Mecânica da Unicamp. Devido ao mérito acadêmico e à minha extrema dedicação em sala de aula como professor, fui convidado pela Universidade São Francisco a assumir a Assessoria da Coordenação do Curso de Engenharia Mecânica a partir de janeiro de 2019, um dos maiores cargos da instituição.

Imediatamente, após o término do mestrado, iniciei meu doutorado com a mesma orientadora e desenvolvo pesquisas na área de metalurgia física.

Este é o meu testemunho de todas essas coisas, e sei que as escrevi como sendo dignas de fé. Deus fez ainda muitas outras obras em minha vida e penso que se fossem escritas, uma por uma, nem o mundo inteiro poderia conter os livros que se deveriam escrever.

Aproveito a oportunidade para agradecer todo o empenho no desenvolvimento deste trabalho à um grande, notável e verdadeiro amigo, irmão de alma e de fé, Vossa Reverendíssima Dom Pedro Paulo Teixeira Roque, Bispo da Venerável e Sereníssima Igreja Católica Brasileira, da Paróquia Divino Espírito Santo, Prelazia de Itapira – SP, Diocese de Jundiaí. À este grande amigo, pelas inúmeras contribuições em minha formação pessoal e espiritual, pelas conquistas alicerçadas na fé, pelo incentivo à carreira de educador e pesquisador e, acima de tudo, por me ensinar a leveza da integridade e da coerência na vida de quem acredita que pode alcançar seus objetivos de maneira idônea e com reta intenção. Sou e serei eternamente grato pela luz que você reflete em minha vida. Muito obrigado por tudo, meu irmão! Muitíssimo obrigado mesmo!!!

  

Combati o bom combate, terminei a minha carreira, guardei a fé.

(2 Timóteo 4:7)